Mulheres tomam as ruas do Brasil por suas vidas, pela democracia e por seu direito à aposentadoria

Em todo o país, milhares de mulheres foram as ruas nesse 8 de março para mostrarem que permanecem em luta por seus direitos. Elas estavam em marcha pela liberdade de seus corpos e dando ainda mais força à resistência contra o golpe de 2016, que ataca os direitos de todos os brasileiros, mas ainda mais os das mulheres.

Nos estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Sergipe, Rondônia, Bahia, Pará, Piauí e no Distrito Federal aconteceram diversas manifestações.

Apenas na capital da cidade de São Paulo cerca de 10 mil manifestantes ocuparam a Avenida Paulista e protestaram por suas vidas, pela democracia e pelo seu direito à aposentadoria.

No Rio de Janeiro, capital do estado, 800 mulheres de movimentos populares ocuparam o parque gráfico do jornal O Globo para denunciar o papel da emissora e da imprensa nacional no golpe parlamentar contra a presidenta legitimamente eleita, Dilma Roussef.

No Piauí e em Brasília, as sedes do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) foram ocupadas para exigir soluções para os entraves no processo de Reforma Agrária e denunciar o avanço do agronegócio e da violência contra a mulher, respectivamente.

As mulheres radialistas da Fitert estiveram presentes nas manifestações em seus respectivos estados, participando da luta por seus direitos como mulheres e trabalhadoras. Mais uma vez, a Federação parabeniza as brasileiras de luta!

Fonte: Da redação, com informações da CUT.

Foto destaque: Roberto Parizotti/CUT.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA