Fitert no Encontro de Mulheres organizado pela UNI MEI na Escócia

Aconteceu nesta sexta-feira (28) o Encontro do Grupo de Trabalho de Mulheres da UNI-MEI, na capital escocesa – Edimburgo, no Reino Unido. O evento debateu as desigualdades de gênero nos países representados pelas diversas delegadas presentes e seus reflexos no movimento sindical. Também foi parte do debate a elaboração de um plano de ação para construir sindicatos menos discriminatórios com relação às mulheres.

celene-edimburgo2016A representante da Fitert, Celene Lemos, secretária de política da mulher, apresentou a realidade brasileira na mídia, dentro do movimento sindical e no mercado de trabalho. Destacando elementos como a objetificação da mulher na mídia e o assédio moral e sexual como os principais problemas cotidianos enfrentados pelas trabalhadoras radialistas, Celene também lembrou que a violência contra as mulheres no país é produto dessas desigualdades históricas que a Fitert atua para combater.

“Essa realidade se expressa inclusive nas direções sindicais, que muitas vezes não permitem que as mulheres entrem ou se tornam ambientes tão hostis que elas desistem da tarefa. O próprio colega de trabalho desrespeita, não valoriza. Por mais que você faça, é questionado que a mulher cresça. Você não pode aparecer demais pelo seu trabalho”, frisou Celene.

Em sua apresentação, a dirigente da Fitert explicou às presentes como a Federação construiu o 1º e o 2º Seminários Internacionais de Gênero realizados no Brasil e a Rede de Mulheres Radialistas, entre outras iniciativas que a entidade vem tendo para fortalecer a luta das mulheres por direitos.

Além de Celene, também está na Escócia o coordenador da Fitert, José Antônio Jesus da Silva, que participa de ontem até o dia 29 da reunião do Comitê Executivo da UNI MEI.

02celene-edimburgo2016

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA