Trabalhadores de Rádio e TV Guarany realizam paralisação por conta de atraso de salário e descumprimento de TAC

Nessa terça-feira (14) os trabalhadores da Rádio e TV Guarany, afiliada ao Grupo Record, realizaram paralisação de 24 horas reivindicando o pagamento de salários atrasados desde o mês de abril deste ano, além do descumprimento do TAC (Termo de Ajuste de Conduta) firmado em setembro de 2017.

Desde 2015 os atrasos são recorrentes por parte da administração, o que levou o Sindicato dos Radialistas de Santarém à Justiça do Trabalho e ao Ministério Público para buscar uma solução. Em setembro de 2017 foi firmado um Termo de Ajuste de Conduta entre o sindicato, a empresa e o Ministério do Trabalho, mas infelizmente o termo não está sendo cumprido pela Rádio e TV Guarany.

A empresa também se recusou a receber os trabalhadores que se encontravam em paralisação para reunião. Dessa forma, ficou estabelecido o prazo máximo para regularização dos pagamentos em atraso para a próxima segunda-feira (20/08), caso contrário será reestabelecida a paralisação, com possibilidade de decretação de greve.

A Fitert apoia a atitude dos trabalhadores da Rádio e TV Guarany e permanecerá acompanhando a mobilização.

Fonte: Da redação, com informações do Sindicato dos Radialistas de Santarém.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA