Radialista sofre tentativa de homicídio durante apresentação de programa

Radialista da 104,1 FM, em Giruá, interior do Rio Grande do Sul, Jair Wathir quase foi morto na última semana. O caso de violência aconteceu depois que ele se recusou a tocar uma música pedida pelo ouvinte Rogério Brondani. Segundo reportagem do Zero Hora, tudo aconteceu na tarde de sexta-feira, 4, quando, durante o programa ‘Rola Bandas’, o comunicador foi surpreendido nos estúdios por Brondani.

Armado com uma faca de corte duplo, o ouvinte entrou na emissora, que fica no bairro Mucha, para questionar o motivo de seu pedido de música ter sido recusado. “Ele estava visivelmente alterado, por um momento achei que ele fosse me matar”, relatou Wathir ao jornal gaúcho.

Conhecido como Xico, Brondani encostou a faca nas costas do radialista e ameaçou outra funcionária que estava no local. Ao vivo, os ouvintes acompanharam o momento e ligaram para a polícia. “O que me salvou foi ter deixado o microfone aberto. Os ouvintes escutaram quase tudo o que aconteceu e não demoraram para ligar para polícia. Pena que, quando a viatura chegou, o rapaz já tinha fugido”.

De acordo com Wathir, a música “Corpo Esgualepado”, da banda Xirú Missioneiro, pedida pelo agressor foi recusada por não se encaixar no estilo do programa, que toca apenas melodias de bandas alemãs. “Me indignou também o fato de ele ter chegado com um taxista que o esperou uma quadra depois do estúdio. Não vou negar que estou muito assustado. Mas vou dar um tempo, um ou dois dias, e retorno para rádio. Gosto muito do que faço, e faço há mais de 20 anos”.

O boletim de ocorrência foi registrado pela Brigada Militar.

 

Fonte: Portal Comunique-se

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA