Patrão encerra atividades da rádio Guarathan, deixa os trabalhadores a ver navios e põe a culpa no Sindicato

Publicamos nessa segunda-feira(8) que o diretor do Sindicato dos Radialistas Jorge Nascimento, da Regional de Santa Maria, efetuou Boletim de Ocorrência contra a Rádio Guarathan por essa não efetuar o pagamento de salários dos trabalhadores e, diante a desse descalabro, os trabalhadores tiraram a emissora do ar. Cópia desse B.O. seguiu para o Ministério do Trabalho, para que providências venham a ser tomadas. 
Qual não foi a surpresa hoje, quando os radiodifusores impediram os radialistas de trabalhar e lacraram a porta da emissora deixando apenas um comunicado, no qual se eximem de qualquer culpa e a transferem para nosso diretor.
Amanhã o presidente do sindicato Silvonei Benfica e o diretor Daniel Braga vão a Santa Maria para conferir de perto mais esse abuso patronal. Confira a seguir, na íntegra, a NOTA DOS FUNCIONÁRIOS, indignados com a falta de diálogo e com as péssimas condições de trabalho: 

NOTA DOS FUNCIONÁRIOS DA RÁDIO GUARATHAN SA

Os funcionários da Rádio Guarathan tomados de surpresa ao chegarem na sede da emissora para trabalharem, encontraram a mesma fechada com cadeado e um comunicado na porta de entrada que informava o fechamento da emissora a partir das 16 horas do dia 8 de outubro.

Sabedores da importância que a Rádio Guarathan tem para Santa Maria, região e radiofonia gaúcha/brasileira nestes 58 anos de atividades levando informação com responsabilidade e isenção, vem através desta nota lamentar:

• Nenhum comunicado prévio aos funcionários, anunciantes, ouvintes e comunidade em geral da situação da emissora;

• Não pagamento das obrigações trabalhistas (salários, vale transporte, FGTS etc…);

• Condições precárias de trabalho (telefone, internet, computador, instalações, etc…);

• Falta de diálogo com funcionários;

Os funcionários se solidarizam com os anunciantes e ouvintes pela emissora não estar cumprindo com a responsabilidade de colocar no ar anúncios e programas desde as 16 horas do dia 8 de outubro sem prévio aviso.

Informamos que os funcionários estavam prontos para cumprir suas funções e que não tiveram acesso ao interior da rádio.

Várias tentativas de contato com o diretor da rádio foram feitas por funcionários sem sucesso, e essa falta de diálogo nos últimos tempos se tornou rotineira.

Informamos que foram atingidos de forma direta e indireta por esta situação funcionários, comunicadores autônomos, anunciantes e ouvintes assíduos da programação.

Apesar do abalo moral, financeiro e psicológico com a incerteza em relação ao futuro, os funcionários estão unidos em busca de uma resposta.

E por fim, buscando junto ao seu sindicato as medidas legais cabíveis para uma solução e quem sabe a retomada das atividades.

Atenciosamente, funcionários da Rádio Guarathan.

Santa Maria, 9 de outubro de 2018

 

Notícia publicada pelo Sindicato dos Radialistas do Rio Grande do Sul

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA