Audiência sobre o sindicato do AP termina sem acordo

Aconteceu na manhã deste dia 11/07 audiência na Superintendência Regional do Trabalho no Amapá para discutir os questionamentos de uma entidade cartorial à fundação do Sindicato dos Radialistas daquele Estado.

O objetivo da audiência era tratar do processo do registro sindical do Sindicato do Amapá, que está tramitando desde 2012 e já sofreu várias interferências do Sincab (Sindicato Nacional dos Trabalhadores em Sistemas de Televisão por Assinatura e Serviços Especiais de Telecomunicações) tentando a impugnação. Então, o Ministério do Trabalho soltou uma nota determinando à Superintendência Regional do Trabalho que realizasse audiência de conciliação entre as partes para buscar um acordo.

A advogada do Sincab afirmou na audiência convocada que o sindicato apresentasse uma proposta, já que o Sincab ainda não tinha nenhuma proposição a fazer e pediu mais dez dias de prazo para apresentar um posicionamento. A próxima audiência ficou marcada para o dia 18, às 10h.

“Nós mantemos a representação dos trabalhadores, que se manifestaram por meio de suas assinaturas e por meio de assembleia onde decidiram que fariam um sindicato. E não vamos abrir mão. Estamos respeitando o que diz a Constituição Federal, que determina o direito de se organizar por decisão e livre iniciativa dos trabalhadores”, reforçou o coordenador da Fitert, José Antônio, que acompanhou a audiência.

Fonte: Sindicato dos Radialistas do Amapá

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA