Nota da Fitert em apoio a ação de mulheres no O Globo

Nota da Fitert em apoio a ação de mulheres no O Globo

Na manhã dessa quinta-feira (8), Dia Internacional de Luta das Mulheres, cerca de 800 mulheres de movimentos populares ocuparam o parque gráfico das organizações Globo no Rio de Janeiro. A ação denunciou a participação da imprensa no golpe parlamentar de 2016 e reivindicava por eleições livres e democráticas.

Por volta das 5h30 da madrugada, foi estendida uma faixa em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, com os dizeres: “O Globo promove intervenção para dar golpe na eleição”. A frase “Mexeu com a democracia, mexeu com todas” também foi reproduzida na entrada do parque gráfico.

Participaram do ato que integrou a Jornada Nacional de Lutas das Mulheres Sem Terra mulheres do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), do Levante Popular da Juventude, do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA).

A Fitert acredita que a luta dessas mulheres neste 8 de março foi não apenas um grande feito, mas também um alerta para a população e, por isso, registra todo apoio à ação. É necessário continuar lutando contra a manipulação das informações a favor da elite brasileira e por uma comunicação verdadeiramente democrática, para que a imprensa possa cumprir seu verdadeiro papel social de servir aqueles a quem devem: o povo.

Quem trabalha para as Organizações Globo sofre diariamente a opressão e a sobrecarga do trabalho e conhece os bastidores das relações dos meios de comunicação com o poder estabelecido. A Fitert e seus sindicatos filiados combatem isso diariamente. Nossa luta é uma só: melhores condições de trabalho e remuneração aos trabalhadores da comunicação, democratização dos meios de comunicação, defesa dos direitos das mulheres e defesa da democracia, contra qualquer manipulação.

Fonte: Da redação, com informações da RBA.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA